Passando por aqui? Deixe um comentário ou, que tipo de reportagens gostaria de ver....

Olá....

Obrigada por sua visita,deixe um comentário, ou se preferir, coloque alguma matéria interessante que eu publicarei. Bjks enormes...Irma

Loading...

Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Costureiras se negam trabalhar registradas...Bolsa Família

ESTE FATO É GRAVÍSSIMO, ACORDA BRASIL !!!!!!!!!!!!!!



Alguém tinha alguma dúvida de que isso iria acontecer?

Como o setor têxtil é de vital importância para a economia do Ceará, a demanda por mão de obra na indústria têxtil é imensa e precisa ser constantemente
formada e preparada.
Diante disso, o Sinditêxtil fechou um acordo com o governo para coordenar um curso de formação de costureiras.
O governo exigiu que o curso deveria atender a um grupode 500 mulheres que recebem o Bolsa Família.
De novo: só para aquelas que recebem o Bolsa Família.
O importante acordo foi fechado dentro das seguintes atribuições: o governo entrou com o recurso; o Senai com a formação das costureiras, através de um curso de 120 horas/aula; e, o Sinditêxtil com o compromisso de enviar o cadastro das formandas às inúmeras indústrias do setor, que dariam emprego às novas costureiras.

Pela carência de mão obra, a idéia não poderia ser melhor.
Pois bem. O curso foi concluído recentemente e com isto os cadastros das costureiras formadas foram enviados para as empresas, que se prontificaram
em fazer as contratações. E foi nessa hora que a porca torceu o rabo, gente.

Anotem aí: o número de contratações foi ZERO.
Entenderam bem? ZERO, gente...
Enquanto ouvia o relato, até imaginei que o número poderia ser baixo, mas o fato é que não houve uma contratação sequer. ZERO.
Sem qualquer exagero.

O motivo?
Simples, embora triste e muito lamentável, como afirma com dó, o Diretor do Sinditêxtil.
Todas as costureiras, por estarem incluídas no Bolsa Família, se negaram a trabalhar com carteira assinadas,

Para todas as 500 costureiras que fizeram o curso, o Bolsa Família é um beneficio que não pode ser perdido. É para sempre.
Nenhuma admite perder o subsidio.

SEM NEGÓCIO - Repito: de forma uníssona, a condição imposta pelas 500 formandas é de que não se negocia a perda do Bolsa Família.
Para trabalhar como costureira, só recebendo por fora, na informalidade.
Como as empresas se negaram, nenhuma costureira foi aproveitada.
O que sobrou nisso tudo? Muita coisa....
O custo alto para formar as costureiras foi desperdiçado.
E pelo que foi dito no ambiente da FIEC, casos idênticos do mesmo horror estão se multiplicando em vários setores.

Estamos financiando a indolência do nosso povo e criando uma sociedade de acomodados..

Em outras palavras: Estamos destruindo o futuro do nosso País!!!!

*VIVA O BOLSA FAMÍLIA !!! ??? *


"QUEM NÃO VIVE PARA SERVIR, NÃO SERVE PARA VIVER"

Minha resposta....

Como dizia nosso amigo da novela das 7 horas...estou rosa chiclete. Isto é o mais absurdo dos absurdos, mesmo pq, sabemos que existem inúmeras pessoas recebendo o famoso BOLSA FAMÍLIA sem ter a necessidade do mesmo. É intolerável que coisas como esta aconteçam e ainda por cima, somos obrigadas a ouvir esse povo todo reclamar. Querem reclamar do que? Desculpe minha ignorância, mas pelo que sei, o salário que iriam pagar para as costureiras, provavelmente seria maior que o Bolsa Família, ou estou enganada? Mas, pelo que entendi, é que o trabalho não teria garantias de ser vitalício não é. Apesar de estar decepcionada com o Boris, vou usar as mesmas palavras que ele. "ISTO É UMA VERGONHA".

Isto é verdade,minha filha trabalha em uma confecção de roupas infantis e disse que, a empresa deixou de contratar várias costureiras, pois elas não queriam ser registradas, pois isso faria com que perdessem o bolsa família.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Vetada Lei de telefonia...

STF suspende lei que impede cobrança de assinatura de telefonia fixa
Por Redação do IDG Now!
Publicada em 15 de janeiro de 2010 às 16h24
Atualizada em 15 de janeiro de 2010 às 18h17
E-mail Imprima Comente Erros? a a a retweet 14 Recomendar!Share Supremo Tribunal Federal considera inconstitucional a lei paulista que vetava a cobrança de assinatura mensal pelo serviço de telefonia fixa.
O Supremo Tribunal Federal suspendeu a lei paulista que proibia a cobrança de valores de assinatura básica mensal de telefonia fixa. A decisão sobre a ação direta de inconstitucionalidade nº 4369 foi tomada pelo presidente do STF, o Ministro Gilmar Mendes, na quarta-feira (13/1) e divulgada nesta sexta-feira (15/1).

A decisão foi tomada pelo ministro na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4369, ajuizada no STF pela Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix).

A Lei Estadual nº 13.854 de 7/12/2009 vetava a cobrança de assinatura mensal pelo serviço de telefonia fixa, admitindo somente a tarifação pelos serviços efetivamente prestados pelas operadoras. A legislação envolvia a punição de eventuais infrações com uma multa correspondente a até dez vezes o valor indevidamente cobrado do consumidor.

Numa data ainda não definida, a liminar que suspende os efeitos da lei paulista será julgada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal.

Assim que foi aprovada pela Assembleia Legislativa paulista, em dezembro, a Associação Brasileira de Prestadores de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix) recorreu de decisão. A alegação da entidade que representa as operadoras é de que a legislação que trata das telecomunicações no País permite a taxa e esse assunto não deve ser tratado em âmbito estadual, mas sim federal.

Em comunicado distribuído na ocasião, a associação disse que a "cobrança da tarifa de assinatura é expressamente prevista na legislação concernente às telecomunicações, na regulamentação da Anatel, nos contratos de concessão e nos contratos de prestação de serviços entre as concessionárias de telefonia fixa e móvel e seus usuários."

A Abrafix também afirmou que a proibição da taxa "representa uma quebra contratual sem precedentes no Brasil e, se adotada de maneira isolada, determina a inviabilidade econômico-financeira das concessionárias."

Na ocasião, a associação Pro Teste, que defende os direitos do consumidor, argumentou que a assinatura básica já cumpriu seu papel nas metas de universalização da telefonia e que o valor poderia ser mais acessível.

Outros casos


A questão do fim da cobrança de assinatura básica de telefonia também envolve outros casos. Santa Catarina, por exemplo, aprovou, em 2001, uma lei que proibia a cobrança dessa tarifa na região. No ano seguinte, foi expedida uma liminar que suspendia os efeitos dessa lei. De lá cá, quatro ministros do Supremo analisaram o caso e votaram pela inconstitucionalidade da lei catarinense que proibia a cobrança da assinatura básica mensal.

O julgamento dessa ação ainda não foi concluído. É possível que ela seja julgada antes ou concomitantemente à lei aprovada pela Assembleia Legislativa de São Paulo.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Mensagem do Dia 04/01/2010

Adultério - Um grande Mal
A prática do adultério entre casais,
tem levado muito desgosto,
e aflição àqueles que integram uma família,
sendo certo que as maiores vítimas acabam sendo os filhos.
O adúltero demonstra falta de amor ao próximo,
pois age com egoísmo, pensando somente em si e no seu prazer.
É a ignorância e a falta de entendimento.
O adúltero não trai por amor e sim por manter,
ainda seu instinto animal e muitas vezes sua vaidade.
Pensa somente no prazer da carne,
e esquece-se de que somos um Espírito,
habitando um corpo e não um corpo em que habita um Espírito.
O adúltero leva dor e sofrimento no meio familiar em que vive,
criando um ambiente de vibrações hostis e pesadas,
que atraem todo tipo de energia negativa.
O adultério é prática condenável aos olhos dos homens,
e aos olhos de Deus e chegará o momento em que aquele,
que assim agiu deverá prestar contas de seus atos.
Quem semeia vento colhe tempestade, diz o ditado.
Jamais construiremos nossa felicidade sobre a dor dos outros.
Deus não pune, porém a consciência daquele que pratica o mal,
lhe fará as cobranças.
Assim, cuidemos de nossos pensamentos e atitudes,
procurando agir com honestidade e sinceridade,
seja com quem for, evitando causar o mal aos outros,
especialmente àqueles que se unem a nós,
debaixo de um mesmo teto, lembrando que essas uniões,
não se dão ao acaso.
Trilhemos o caminho do bem e da verdade,
e tudo o mais nos virá por acréscimo.

Retirado do site: www.gotasdepaz.com.br

domingo, 3 de janeiro de 2010

Uma história pra se ler e não fazer....

Esta história foi contada por uma amiga que faz parte da comunidade "Artesanato Aprenda a Fazer" da nossa tão querida Lu Heringer. Quis colocar aqui, para que as pessoas pudessem ver, analisar,comentar, mas que isso sirva de um exemplo a não ser seguido, pois coisas como esta,jamais deveria acontecer. No final do texto da Monica(foi ela que contou e me autorizou),colocarei meu comentário que fiz a respeito.


Lu, vc é muito generosa em postar seus vídeos para que todas nós possamos aprender com seu talento. Num país com este em que as revistas de artesanatos passo a passo custam uma fortuna e os materiais são também um tanto caros para serem perdidos em testes, é extremamente especial a sua atitude, pois estimula a muitas pessoas (como eu mesmo) a desenvolver seus dons, ocupar o tempo, estimular a criatividade, uma terapia das melhores.

Estou falando isto porque esta semana estava na loja em que compro minhas madeiras (aliás bem grande e famosa...) e assim que vi uma senhora bem humilde sair da loja e começou um bate papo da dona da loja (que tb ministra cursos de artesanatos lá) com as atendentes e falavam a respeito desta senhora que tentou em vão tirar duvidas a respeito de vernizes e tal, a dona da loja falou em alto e bom som NÃO VOU FICAR EXPLICANDO NADA, SE QUISER QUE PAGUE E FAÇA O CURSO, EU NÃO APRENDI DE GRAÇA E PRECISO VIVER, e saiu dando risada...

Fiquei com MUITA vergonha por ela, pois era nítido e claro que a senhora não tinha condições de frequentar os cursos e as duvidas que ela tinha eram coisas super banais para quem de fato sabe, vergonhoso o comentário. Na hora me lembrei como somos privilegiadas por termos esta ferramenta que é o orkut, a internet e pessoas como vc Lú e as outras meninas tão generosas.

Que pena que ainda existem no mundo pessoas tão mesquinhas não é mesmo?
Beijos


Meu parecer...

Monica...
É realmente muito triste quando vemos acontecer coisas deste tipo que vc contou,mas, felizmente são a minoria que agem deste jeito,(espero).Essa pessoa que fez isso, não têm visão de futuro,pois se tivesse não agiria desta forma.Temos que orar pela senhorinha que foi humilhada, para que não guarde ressentimentos no coração, e temos que orar e muito pela dona da loja, para que ela possa enxergar enquanto é tempo o que fez, e o que com certeza deve fazer várias vezes.Para que ela possa ainda em vida, poder amenizar o estrago feito a ela mesma. Gostaria, se vc me autorizar, a copiar e colar esta sua história no meu blog, pois lá, além de alguns artesanatos tenho também algumas histórias, alguns comentários,(inclusive uma carta que enviei ao jornalista da Band Boris Casoy),para que as pessoas pudessem ler e talvez quem sabe, conseguir aprender a não tratar as pessoas desta forma.Bjks no seu coração!!! Irma

Espero realmente que esse tipo de atitude seja a minoria no planeta. Bjks a todos...

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Carta que enviei a Boris Casoy...

Fiquei muito consternada ao ver na internet o vídeo do apresentador Boris Casoy falando mal dos Garis. Decepcionada seria o termo correto, pois acompanho este apresentador ha muito tempo, e o tinha em alta escala,mas pelo visto ele merece o conceito que eu e com certeza muito mais pessoas tinham a seu respeito. Sabe Boris, eu o achava o máximo, principalmente quando vc emitia sua opinião a cerca da nossa tão "honrada bancada política", pois vc dizia o que muitos gostariam de dizer mas, não tinham condições ou até mesmo a sua coragem. Mas, quando vi vc xingando essa classe trabalhadora, aliás, em minha opinião, uma das mais importantes profissões que existem, pois se, não fosse por eles, vc imagina como estaria nosso mundo, quem colheria os milhões de lixos que são jogados diariamente pelas ruas, e, diga-se de passagem, isso pela falta de educação e cultura de nosso povo,com certeza não seria vc, pois talvez vc se ache muito inteligente, (aliás, vc é realmente muito inteligente), mas, inteligência sem humildade ....não é nada. O baixo escalão, como vc disse,é uma profissão muito nobre, e não sou gari e nem tenho parentes nessa profissão,(vc poderia achar que estou falando por talvez ter alguém nela), não meu senhor, não tenho nem amigos próximos, mas o fato de não termos parentes ou amigos próximos nesta tão honrada profissão, não quer dizer que não precisamos dela, aliás todos nós precisamos deles. Diga-me Boris, quem é que faz a limpeza de sua sala, de sua mesa, quem é que lhe trás o cafezinho, quem limpa sua casa, não é um faxineiro(a), que aliás, os "garis", são também faxineiros, ou não???? Mas antes disso, são pessoas humanas,são pessoas humildes, não só por não terem dinheiro, inteligência ou altos cargos nas empresas, mas pq são sem sombra de dúvida, os que fazem nossas ruas, sua casa, seu escritório,restaurantes, boates e mais o que vc quiser, estar muito mais limpo e sem tanta poluição visual. Ah...Boris, será que vc faria o trabalho deles, ganhando o salário que eles ganham,é acredito que não. Embora ainda o ache uma pessoa muito inteligente, meu conceito caiu e muito, pois como disse acima, inteligência não é nada sem a humildade.E, lembre-se sempre Boris, quando vc passar pelas ruas que estiverem limpas, chegar no seu escritório limpo e arrumado, poder voltar pra casa e encontrá-la em ordem e limpa, lembre-se de que foram esses GRANDE PROFISSIONAIS, que fizeram este maravilhoso trabalho. Se, por acaso lhe ofendi....desculpe, é apenas um desabafo de alguém que era muito sua fã...,mas eu fico imaginando, isto é apenas um comentário que por acaso e claro, para seu azar,acabou vazando no microfone aberto, imagine o que vc não deve falar longe dele e longe das câmeras....

P.S. Vou colocar este desabafo no meu blog, segue o link abaixo. É um blog de artesanato e alguns comentários que gosto de colocar ali. Um grande abraço a toda sua equipe.
Vejam o vídeo...
http://www.youtube.com/watch?v=0H9znNpeFao