Passando por aqui? Deixe um comentário ou, que tipo de reportagens gostaria de ver....

Olá....

Obrigada por sua visita,deixe um comentário, ou se preferir, coloque alguma matéria interessante que eu publicarei. Bjks enormes...Irma

Loading...

Pesquisar este blog

sábado, 30 de outubro de 2010

Rede Lucy Montoro chega a Fernandópolis

Linamara Battistella assina convênio para obras do Lucy Montoro e AME

A saúde em Fernandópolis está sendo transformada e ficará, ainda, melhor com as obras do Centro de Reabilitação Lucy Montoro e o Ambulatório Médico de Especialidade (AME). A assinatura dos convênios para início das obras foram assinados na manhã dessa terça-feira, 26, pela Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella, e pelo prefeito Luiz Vilar, acompanhados de autoridades.

O evento aconteceu no Teatro Municipal e contou com a presença do diretor da DRS XV, Valdecir Tadei, do deputado federal Julio Semeghini, dos deputados estaduais, Carlos Pignatari e Itamar Borges, do presidente da Câmara, Dorival Pântano, vereadores e outras autoridades.

Na ocasião, o prefeito Luiz Vilar falou das lutas que a Administração teve para viabilizar a conquista do Centro de Reabilitação Lucy Montoro e do AME para Fernandópolis, “Este momento parece um sonho, mas a presença da Secretária Linamara Batistella nos faz acreditar nesta grande conquista que vai transformar a área da saúde em Fernandópolis. Poucas cidades terão este privilégio”, destacou o prefeito Luiz Vilar.

A implantação do Centro de Reabilitação Lucy Montoro e do AME vai trazer comodidade às famílias que buscam a reabilitação nos grandes centros. É o caso da enfermeira e professora Luciana Ribeiro Ramos, que nos últimos 14 anos tem buscado tratamento para o filho José Afonso. “A implantação do Lucy Montoro e do AME vai facilitar a vida da minha família e de outras que enfrentam as mesmas diversas dificuldades. Tenho muito orgulho dessa conquista e de saber que vou poder confiar no profissionalismo e qualidade dessas duas renomadas unidades”, elogiou Luciana Ribeiro Ramos.

A Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella, falou dos benefícios que Fernandópolis vai ganhar com a implantação do Centro de Reabilitação Lucy Montoro e do AME na cidade. “Com a implantação do Centro de Reabilitação Lucy Montoro e o AME estaremos chegando mais perto das pessoas com deficiência, para que eles tenham uma vida funcional. Estas duas unidades vão beneficiar também os universitários com a oportunidade de estágios e vai gerar mais emprego e renda no município”, destacou a Secretária Linamara Rizzo Battistella.

O Centro de Reabilitação Lucy Montoro e o AME serão implantados no prédio do antigo Postão, no Jardim Santa Helena. O prazo de conclusão das obras está previsto para maio de 2011.

Centro de Lucy Montoro

Fernandópolis vai receber, com a implantação do Centro de Reabilitação Lucy Montoro, o que há de mais moderno em acessibilidade para atender mais de 60 cidades da região. A unidade realizará reabilitação física de média complexidade, com equipamentos e técnicas inéditas no Brasil, à pacientes com lesões medulares, amputações, sequelas de traumatismo craniano, paralisia cerebral, hemiplegia e outras severas restrições de mobilidades. O Centro vai garantir órteses, próteses, cadeiras de rodas e auxílios técnicos.

O Centro de Reabilitação de Fernandópolis terá equipe multidiciplinar formada por fisiatras, enfermeiras, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, fonoaudiólogos, educadores físicos e outros especialistas em reabilitação física.

Além de Fernandópolis, apenas nove municípios paulistas foram contemplados com o Centro de Reabilitação Lucy Montoro. São eles: Jaú, Ribeirão Preto, Sorocaba, São José dos Campos, Presidente Prudente, Santos, São José do Rio Preto, Peruíbe e Americana.

AME (Ambulatório Médico de Especialidade)

O AME de Fernandópolis traz um diferencial, será o primeiro ambulatório de segmento e não apenas de diagnóstico como os demais do Estado. A unidade vai oferecer 32 especialidades, sendo 26 médicas e seis não médicas e terá, ainda, os serviços de SADT (Serviços de Apoio Diagnóstico e Terapêutico): Radiologia (RX, mamografia), Ultra-Sonografia e Métodos Diag. em e especialidades.

As especialidades médicas são: Acupuntura; Infectologia, Alergia e imunologia, Mastologia, Cardiologia, Nefrologia, Cirurgia Geral, Neurocirurgia, Cirurgia Plástica, Neurologia, Cirurgia Vascular, Obstetrícia, Dermatologia, Oftalmologia, Endocrinologia, Ortopedia e Traumatologia, Endoscopia Digestiva, Otorrinolaringologia, Fisiatria, Pneumologia, Gastroenterologia, Proctologia, Ginecologia, Reumatologia, Hematologia e Urologia.

Especialidades não médicas: Enfermagem, Psicologia, Farmácia, Nutrição, Fonoaudiologia e Serviço Social.

Fonte: http://www.irepublica.com.br/?pg=noticias-conteudo&id=273&id_cat=1




Maria Isabel da Silva
Jornalista-São Paulo/SP
Cidadania e Inclusão se faz com Informação

http://www.irepublica.com.br/?pg=noticias-conteudo&id=273&id_cat=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário